A volta de D. Quixote

Men of the Day, n. 1309, G.K. Chesterton, de “Strickland”, cromolitografia publicada em Vanity Fair, Nova York, 21 de fevereiro de 1912, atualmente na National Portrait Gallery, Londres, número de acesso D45650.
“Mas por acaso a minha bondade basta? Não! / Ó dura Arte — qual dos teus filhos a ti escapa? / Logo me vi eu absorto a desenhar / o nariz de Gladstone num bloco de notas”. Desenho e versos de G.K. Chesterton para a sua primeira obra publicada Greybeards at Play, R. Brimley Johnson, Londres, 1900, págs. 75–77.
G.K. Chesterton, Maurice Baring e Hilaire Belloc. Conversation piece, de
Sir Herbert James Gunn, óleo sobre tela, 1932. O pintor teve a ideia para este retrato durante um jantar em homenagem aos sessenta anos de Hilaire Belloc; a obra terminada foi exposta pela primeira vez na Royal Academy, em 1932. Hoje encontra-se na National Portrait Academy, Londres, n. acesso 3654.
Shaw and Chesterton, de Max Beerbohm, maio de 1909.
Gilbert Keith Chesterton, caricatura de G. Kohen em Bookman, 1912.
Caricatura de G.K. Chesterton pelo próprio, com o título de Quando vier a Revolução, em The Sketch, 1911. O texto no canto superior e ao pé da imagem diz: “Mr. G.K. Chesterton é morto pelos outros agricultores e pequenos proprietários por ocupar terras em excesso”.
Mr. G.K. Chesterton, por Max Beerbohm.
G.K. Chesterton, por Oliver Herford, em Confessions of a Caricaturist, 1917.
O desenho traz os seguintes versos que o acompanham: “Quando gente simples como
você ou eu / vê o sol a descer no céu / pensa que é o entardecer. / Mas Mr. Gilbert Chesterton / tão fácil não se deixa enganar: / de cabeça para baixo a observar, / um novo e só seu modo de ver / se torna todo capaz de receber, / pois ao ver que dos seus pés / rumo ao nariz ascende o sol, / exclama com surpresa e alegria / “Que belo NASCER-DO-SOL!”.
Belloc ensina a Chesterton quais “os erros de Genebra” (isto é, do calvinismo),
caricatura de Max Beerbohm.
G.K. Chesterton in an Allegorical Setting, nas Illustrated London News,
abril 1908. O escritor está sentado entre os bustos que representam
a comédia (rosto sorridente) e a tragédia (rosto sério).
G.K. Chesterton, Auto-retrato aos vinte anos de idade.

--

--

--

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Henrique Elfes

Henrique Elfes

More from Medium

Get Forward Actor UE5

#MyNYSC Forty Cents of Madness